Você sabe o que é RPG? Não, não estou falando sobre Reeducação Postural Global, mas sim sobre a sigla para Role-playing Game (jogo de interpretação de papéis). O RPG foi criado em 1974 nos Estados Unidos por Gary Gygax e Dave Arneson. Em 1971 Gary Gygax criou um jogo de estratégia com miniaturas chamado Chainmail (Cota de Malha, em português). Usando como base esse jogo, foi então idealizado o Dungeons & Dragons, um RPG de Fantasia Medieval baseado em O Senhor dos Anéis e até hoje o mais famoso e já está em sua quinta edição.

Então, como se joga RPG?

Jogar RPG consiste em um grupo de pessoas atuando como se cada um fosse um personagem (daí o nome Role-playing). Uma das pessoas é o Narrador (ou Mestre dependendo do RPG) e essa pessoa criará a história, os NPCs (sigla para Non-playable Characters, ou seja, os personagens não controlados pelos jogadores). Quanto aos demais do grupo, cada um criará seu próprio personagem usando uma Character Sheet. Esse personagem pode ser fiel ao que a pessoa é de verdade, ou se ela quiser, poderá criar alguém totalmente diferente de si mesmo.

Durante o jogo, o Narrador irá contar a história, e dar decisões para os jogadores tomarem. Eles em conjunto terão que decidir o que fazer, sempre interpretando como se fosse o personagem. Em alguns momentos, testes e batalhas poderão acontecer. Baseado nos números que cada pessoa tem em seu Character Sheet, o jogador lança um dado para saber se passou ou não no teste, ou se venceu a batalha ou não. Dependendo do resultado, o personagem pode ter feito algo incrível, se tirou um número alto no dado, ou até mesmo morrer se o número foi muito baixo. Caso seu personagem morra, não se preocupe, é só criar outro e continuar jogando. E todas essas ações são descritas pelo Narrador e pelos jogadores.  E é aí que entra o INGLÊS.

Jogando em inglês

O jogo não usa nenhum elemento visual. Tudo é feito na imaginação, no speaking e no listening. Imagine um jogo de Dungeons & Dragons com um narrador e mais duas pessoas. O narrador descreve uma cena (in English): “As you approach the cave at the bottom of the hill, you notice a dim light coming from inside. You silently walk to the cave entrance and see that the light comes from a bonfire. Near the bonfire there are two Goblin Archers watching the treasure you are after. Luckily, they haven´t noticed you, yet. What will you do now”? Um dos jogadores diz:  “I get my Elven Bow and shoot an arrow in the Goblin on the left”. Outro jogador diz: “I’ll do the same. I get my Bow and shoot the Goblin on the right”. Ambos os jogadores rolam os dados. O primeiro tira um número alto, mas o segundo não vai tão bem na rolagem dos dados. E o narrador descreve o resultado das ações: “You decide to act stealthily, shooting the two guards before they notice you. Elderane and Merek (nome dos personagens) prepare their bows and shoot the Goblins at the same time. Elderane perfectly hits his target, and it drops down dead before even noticing the arrow. Merek isn’t so proficient with Bows, the sword is his favorite weapon, so his shot isn’t as nearly as precise, and hits the Goblin chainmail. The Goblin is injured, but still alive. It blows a horn, calling all the Goblins that were sleeping inside the cave to help in the battle. Suddenly the cave is filled with more than 10 Goblins, all with their weapons ready. A battle that could be easy got a lot more complicated for you…” Neste exemplo, dá para perceber o quanto dá para praticar inglês durante o jogo. Todo mundo vai usar bastante Speaking, pois vai ter que se comunicar em inglês para descrever o que fará. E o que é superb é o fato de que o jogo é tão envolvente que você acaba, por fim, falando em inglês mesmo. Além de falar, você também terá que ouvir o que os outros falam, praticando o Listening. Além do Vocabulary que dá para aprender. Pois onde mais você ouviria palavras como Elven Bow e Chainmail. Com base no tema do jogo, o narrador pode criar uma tabela com palavras difíceis que serão usadas, e antes da sessão, estudar essas palavras com os jogadores.

Teacher, me parece que RPG é um pouco avançado para o meu nível.

Pode ser que sim e pode ser que não. Tudo depende de como você vai lidar com isso. Se você é ainda iniciante, então você pode partir para a aquisição de vocabulário, prática do writing e do listening. E ainda assim dá pra se arriscar um pouco. Se quiser um challenge maior, então abuse do speaking. RPG é pra todos.  A dica sempre é: comece tentando e nunca desista. E que tal começar por entender a cena descrita acima? Já é um primeiro passo!

Eu não gosto de Fantasia Medieval, existem outros temas?

Sendo Dungeons & Dragons um RPG de Fantasia Medieval, talvez você não se interesse por não gostar do tema. Nesse caso, não se preocupe, pois há uma infinidade de temas para se escolher. Se você gosta de Terror, Call Of Cthulhu, baseado nos livros de H.P. Lovecraft, é uma ótima pedida. Se preferir histórias de piratas, Sétimo mar é um jogo que vai lhe agradar. Por que não se sentir como um super-herói em Mutantes & Malfeitores? Ou imaginar como será a Terra daqui a milhões de anos no futuro em Nümenera? Esses jogos são mais complexos e voltados para um publico mais adulto. Para crianças há o ótimo Hero Kids, mais simples e mais amigável. Em outras palavras, há jogos para todos os gostos.

O que precisamos para jogar RPG?

Tudo que precisamos é de uma folha de papel, um lápis, uma borracha, alguns dados, imaginação e a vontade de se praticar o idioma num ambiente agradável. Falando em dados, o dado comum que todos conhecemos é um dado de 6 lados. No RPG o chamamos de D6. Mas não existe só esse tipo de dado. Existem dados de 4 lados (D4) até dados de 100 lados (D100).

Se você se interessou por RPG e quer praticar seu inglês, que tal montarmos um grupo? Escolha seu tema preferido, monte seu personagem e vamos sair em aventuras pelo mundo!

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

limpar formulárioPostar Comentário